Endereço
Clube do Choro de Brasília,
SDC, Bloco G - Brasília/DF
CEP: 70070-350
Telefones
(61) 3225-2761

NOTÍCIAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Presidente do Conselho de Administração do Clube do Choro de Brasilia,...

Ler Mais

Viva o Clube do Choro! Abertura da temporada 2019

Temporada 2019 de um dos principais espaços de música de Brasília começa...

Ler Mais

CRÔNICA DA CIDADE

Severino Francisco 21.04.2017

Ler Mais

Clube do Choro comemora 40 anos com clássicos

Hoje e amanhã acontecem as aberturas de uma série de shows que ocorrem às quintas e sextas.

Ler Mais

Clube do Choro celebra quatro décadas de atividades

Uma vasta programação de shows toma conta da cidade. Na abertura, homenageia os criadores da instituição que mantêm viva a chama do gênero em Brasília

Ler Mais

Escola de Choro Raphael Rabello: um celeiro de instrumentistas

O Correio Braziliense de quarta-feira (11/01) destaca o papel transformador da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello - ICEM no cenário musical brasileiro. A instituição, ligada ao Clube do Choro de Brasília, atua há 18 anos formando uma geração de instrumentistas que fazem sucesso no Brasil e no exterior. Além da formação de músicos, o papel de preservar a cultura brasileira faz parte do propósito da instituição, conforme afirma Henrique Neto, coordenador da Escola: “Na escola, buscamos preservar o gênero seminal da MPB que expressa de forma mais rica e autêntica a música instrumental brasileira. Na prática, formamos músicos para manter vivo e divulgar o legado de mestres como Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo, por meio de aulas teóricas, de instrumentos e práticas de conjunto, além de oficinas ministradas por alguns dos maiores instrumentistas brasileiros”

Ler Mais

Tem gringo no choro!

O Caderno Diversão&Arte, do Correio Braziliense desta quarta-feira (5/10), apresenta uma matéria sobre estrangeiros que estudam música brasileira em Brasília. E os alunos da Escola de Choro Raphael Rabello são alguns dos “gringos” citados e que estão aprendendo sobre o choro na cidade. Hoje, a Escola conta com 13 alunos estrangeiros, que são representados na matéria pelas histórias do francês Philippe Thevenoux, aluno de pandeiro; a holandesa Anna van der Heijden, aluna do curso de música e cultura popular brasileira; e do japonês Yoshihiro Miyamoto, aluno de cavaquinho.

Ler Mais
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação.